Vereador é afastado pela justiça por exigir dinheiro de assessora

424

O vereador Jorge Santana Magalhães(MDB), de Jaguaré, foi afastado pela justiça do cargo após ser denunciado ao Ministério Público do Estado do Espírito Santo pela prática dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Segundo a denuncia, realizada por uma ex-assessora do vereador, ele exigia a contratação de empréstimos consignados para que os funcionários fossem mantidos no cargo.

Eliana Andreata Brandão foi assessora parlamentar do vereador entre janeiro e julho de 2017. Mas para isso, repassou ao acusado o valor de R$ 10.000 (dez mil reais), através de transferências bancárias, para a conta indicada por ele.

Além disso, segundo o MP, o vereador ocultou e dissimulou a origem ilícita de R$6.000,00 (seis mil reais), proveniente dos valores solicitados e recebidos, no exercício do mandato de vereador, pela ex-assessora.

Com o afastamento do vereador Jorge Santana em decorrência dos fatos, quem deverá assumir é o seu suplente professor Jean Costalonga (PRP).

O vereador foi procurado pela reportagem, mas não foi encontrado para comentar a acusação e o afastamento.