Dois moradores de rua morrem em SP após noite mais fria do ano

23
Foto: Blog Caminhos de Fé
Foto: Blog Caminhos de Fé

Após frio recorde, duas pessoas em situação de rua foram encontradas mortas neste sábado, 22, no centro da cidade de São Paulo. A temperatura chegou a 8,1ºC na noite de sexta-feira, 21, a menor temperatura registrada na capital paulista neste ano. A causa dos óbitos será apurada pela Polícia Civil.

Uma das vítimas, uma mulher, foi encontrada na Praça da Sé, enquanto a outra estava nas imediações da Rua 25 de Março. O frio registrado de noite seguiu pela madrugada, que teve mínima de 8,2ºC, e persistirá durante todo o fim de semana. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), da Prefeitura de São Paulo, a sensação térmica chegou a 5ºC.

Em nota, a Prefeitura de São Paulo lamentou as mortes. Segundo o Município, a Guarda Civil Metropolitana (GCM) foi acionada às 9h18 para atender o caso da Praça da Sé, cujo óbito foi atestado por equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O corpo passará por perícia técnica. Ambas as ocorrências foram registradas no 1º Distrito Policial (Sé), que investigará as causas das mortes.

A gestão Bruno Covas (PSDB) destacou ter acolhido 150 pessoas em situação de rua durante a madrugada, além de ter distribuído 182 cobertores. O plano de contingência para situação de baixas temperaturas foi iniciado em 6 de maio neste ano.